Busca

Atualize seu Navegador Nós detectamos que você esta usando uma versão obsoleta do Internet Explorer como seu navegador web.
Para entrar no site e usufruir de todos os recursos, por favor instale uma versão mais atual do IE.
Só levara alguns minutos para completar.

O site também pode ser visto usando:

Palestras sobre o câncer de próstata levam conscientização para colaboradores da Apetit

 

Na última terça-feira (19) a Apetit Serviços de Alimentação promoveu entre seu quadro de profissionais duas palestras voltadas à conscientização do diagnóstico precoce do câncer de próstata, doença responsável pela segunda causa de óbitos por tumor entre homens no Brasil. As fisioterapeutas Alini Brozeguini Cardoso Mati e Lisania Yukie Saisu, especializadas em urologia com atuação na reabilitação de pacientes do Hospital do Câncer de Londrina foram as responsáveis por ministrar a palestra.

 

A iniciativa faz parte da série de ações realizadas pela empresa em adesão ao Novembro Azul, campanha mundial que visa informar e reforçar a importância de procurar orientação médica para detectar o tumor de próstata ainda nos estágios iniciais.

 

“Ainda há muito tabu em relação à saúde masculina. Muitos homens acham que vão deixar de ser ‘homem’ se procurar um especialista para realizar o exame. E não digo nem só em relação ao câncer de próstata, mas de uma maneira geral. Os homens costumam ser mais resistentes em qualquer outro tratamento e despreocupados em relação à saúde”, afirma a especialista Alini.

 

Segundo a fisioterapeuta esse hábito de negligenciar os cuidados do próprio corpo acaba fazendo com que as mulheres assumam o papel de cuidadoras dos homens. “Começa desde a mãe e depois a esposa acaba assumindo essa função, mas isso está começando a mudar.  Ações como essa do Novembro Azul vêm justamente com essa missão de conscientizar o homem sobre os cuidados com a saúde e mostrar que isso não é falta de masculinidade, mas justamente o contrário”, afirma Alini.

 

Segundo informações do Ministério da Saúde, no último ano foram apontadas mais de 68 mil ocorrências de câncer de próstata no país. Isso representa um risco estimado em 66 novos casos a cada 100 mil homens. Há fatores genéticos e comportamentais que potencializam o desenvolvimento da doença, mas não há um método 100% eficaz de prevenção do tumor, por isso o diagnóstico precoce é tão relevante, em especial acima dos 50 anos que é quando a doença costuma a surgir com mais frequência.

 

 “A cirurgia ajuda a tratar totalmente do câncer e se ainda houver algum resquício do tumor há outros recursos para o tratamento efetivo, mas nada substitui o diagnóstico precoce. Quanto mais cedo o médico descobrir a doença, mais cedo o paciente ficará livre dela”, finaliza a fisioterapeuta.

 

Além das palestras, a Apetit patrocinou o evento beneficente organizado pela Red Wheel Harley-Davidson em prol do Hospital do Câncer de Londrina e vem divulgando ao longo do mês diversos conteúdos sobre a prevenção para o público interno e para a comunidade como forma de conscientização sobre a doença. Em outubro a empresa voltou seus esforços para viabilizar a causa do Outubro Rosa que ressalta a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Saiba mais aqui.